Publicado em 04/10/2016 às 07h10.

Juan Manuel pretende dialogar com quem se opôs ao acordo com as Farc

O painel de especialistas do governo se encontrará com políticos de extrema direita, em maior parte membros do partido do ex-presidente Álvaro Uribe

Luís Filipe Veloso
Foto: EPA/ Olivier Douliery | Agência Lusa | EBC
Foto: EPA/ Olivier Douliery | Agência Lusa | EBC

 

O presidente colombiano Juan Manuel Santos tentou salvar o acordo de paz com os rebeldes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia após os eleitores o rejeitarem, dizendo que ele criaria um comitê para se reunir com os políticos que se opuseram ao acordo.

O painel de especialistas do governo se encontrará com políticos de extrema direita, em maior parte membros do partido do ex-presidente Álvaro Uribe, Centro Democrático, que se opôs vigorosamente contra ao acordo de Santos que poria fim a um conflito de 52 anos no país.