Publicado em 07/11/2015 às 19h45.

Venezuela e Chile são afetados por terremotos

Uma pessoa morreu no estado de Merida, na Venezuela. No Chile não há relato de vítimas

Ivana Braga

Uma pessoa morreu vítima de deslizamento que atingiu um carro durante o terremoto com magnitude preliminar de 5,3 graus registrado em uma área montanhosa da Venezuela, no estado de Merida, neste sábado (7)., conforme informaram as autoridades à Associeted Press.

De acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos,  o terremoto ocorreu às 2h28 da madrugada deste sábado sábado e seu epicentro foi há 5 quilômetros ao sul da cidade de Lagunillas, com uma profundidade de 14 quilômetros. Dois fortes temores de 4,8 graus e 4,9 graus e muitos outros com menor intensidade foram sentidos na região.

Diversos deslizamentos ocorrerem na estrada que liga as cidades de El Vigia e Merida,  conforme informou à agência estatal AVN o diretor de proteção civil do Estado, Gerardo Rojas. Segundo relatou ele, um dos deslizamentos lançou pedras em um carro, matando uma das cinco ocupantes do veículo. Os outros quatro passageiros tiveram ferimentos leves.

Chile – A terra tremeu também no Chile na madrugada deste sábado (7), sentido nas regiões norte e central do país, segundo o Escritório Nacional de Emergências (Onemi) e o Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS). Não há registro de vítimas ou grandes danos, segundo as autoridades.O tremor aconteceu às 4H31 locais (5h31 de Brasília), com epicentro 17 km ao oeste de Punitaqui, na região de Coquimbo (norte), informou o Centro Sismológico Nacional, área que foi epicentro de um terremoto em 16 de setembro.

O Onemi decretou estado de precaução por probabilidade de um “tsunami menor” na costa do Chile, mas cancelou a medida poucos minutos depois. Vários tremores secundários foram registrados nos minutos posteriores ao terremoto.

De acordo com o escritório, “não foram reportados danos a pessoas, alteração dos serviços básicos ou de infraestrutura produto do terremoto”. Apenas o fornecimento de energia elétrica foi afetado em alguns pontos da região de Coquimbo, ocasionando a interrupção do serviço.

 

PUBLICIDADE

Mais notícias