Publicado em 31/12/2020 às 13h40.

Brennand vai implantar cinco parques de geração de energia

Serão quatro empreendimentos eólicos e um de fonte solar, em um investimento de R$ 629 milhões

Redação
Foto: Manu Dias/GOVBA
Foto: Manu Dias/GOVBA

 

A Brennand Energia pretende implantar cinco parques de geração de energia em Sento Sé, no norte do estado. O protocolo de intenções do empreendimento, onde serão alocados R$ 629 milhões, foi firmado com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (SDE).

Pela proposta apresentada, haverá quatro parques de fonte eólica e um de energia solar.Serão gerados 60 empregos diretos na construção, outros 60 na operação e 1,4 mil indiretos. A estimativa é que o primeiro parque solar da Brennand na Bahia, o Sol do São Francisco I, entre em operação já em abril do próximo ano e tenha capacidade instalada de produção de até 98,1 Gigawatts (GW) hora/ano.

“ O estado tem contribuído de forma brilhante para diversificação da matriz energética utilizando seus potenciais naturais que são sol e vento. A empresa contribui ainda para o desenvolvimento da região, levando emprego e renda”, afirmou o vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, João Leão, .

Já os parques eólicos Morro Branco II e Baraunas IV, XV e XX devem começar a funcionar até maio de 2022. Juntos terão capacidade de produzir 661,3 GWh/ano de energia.De acordo com Adelson Ferraz, diretor da Brennand Energia, as obras civis dos cinco parques já foram iniciadas.

A companhia tem 10 parques eólicos em operação e um em construção, todos em Sento Sé, onde já investiu mais de R$ 1,3 bilhão. Juntas, as usinas somam 341 Megawatts (MW) de capacidade instalada.

“Nossos investimentos são majoritariamente em energia eólica. Estamos fazendo esse parque solar para contribuir com a regularidade do suprimento de energia, uma complementa a outra”, informou o executivo.