Publicado em 05/11/2019 às 09h00.

De olho em 2020, Teobaldo diz que é preciso ir além do ‘cinismo’ na política

Empresário é pré-candidato a prefeito da cidade na Região Metropolitana de Salvador

Matheus Morais
Foto: Reprodução/É do Povo
Foto: Reprodução/É do Povo

 

Pré-candidato a prefeito em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador, o empresário Teobaldo Costa (sem partido), dono do Atakadão Atakarejo, está em ritmo de pré-campanha. Ele usou sua página no Instagram para explicar os motivos que o levaram a entrar na política e a se colocar como pré-candidato.

Segundo ele, que tenta viabilizar seu nome para a disputa em 2020, é preciso ir além da “hipocrisia” e do “cinismo” na política.

“Muita gente me pergunta por que um homem como eu, com a vida estruturada, quer entrar na política. E digo: porque precisamos ir além da hipocrisia e cinismo habituais. Eu acredito que a prefeitura tem o poder de realizar essa transformação. Acredito que com planejamento, podemos construir algo ao mesmo tempo visionário e prático”, escreveu.

“Acredito que unidos podemos erguer um espaço urbano mais moderno e humano, mais justo e desenvolvido, superando o pior com trabalho e honestidade, como sempre fiz”, completou.

O empresário, que deve ter como principal adversária no pleito de 2020, a prefeita Moema Gramacho (PT), ressaltou que Lauro de Freitas pode ser “exemplo” para o Brasil.

“Eu quero oferecer uma cidadania inclusiva verdadeira, empreendedora, que priorize a educação, digna de uma cidade voltada para o futuro. Lauro de Freitas pode ser exemplo para o Brasil e melhorar os índices sociais, pode gerar mais empregos e implantar uma governança contemporânea e conectada”, analisou.

“Por achar tudo isso possível, que estou colocando minha experiência, minha história e minha reputação para devolver ao povo um pouco do que ele fez por mim”, salientou.

PUBLICIDADE