Publicado em 01/04/2020 às 14h04.

Em meio à pandemia da Covid-19, vereador entra com Mandado de Segurança por aumento de salário

Pedido foi negado pela Justiça

Redação
Foto: Reprodução/TRE
Foto: Reprodução/TRE

 

Vereador do município de Valente, cidade no interior da Bahia, Romilson Cedraz Mascarenhas (DEM) entrou com Mandado de Segurança solicitando o aumento de seus vencimentos no cargo.

O parlamentar alega que “o pagamento está ocorrendo aquém do devido”. A liminar foi negada, no último dia 26, pela juíza Renata Furtado Foligno, da Vara dos Feitos de Relações de Consumo, Cíveis e Comerciais, da Comarca de Valente. A magistrada justificou que a “a medida liminar esgota, no todo ou em qualquer parte, o objeto da ação”.

Romilson Mascarenhas tem oito mandatos na Câmara de Vereadores de Valente. A Bahia enfrenta no momento, crise sanitária e econômica por conta da pandemia do novo coronavírus.

PUBLICIDADE