Publicado em 06/12/2021 às 08h01.

Famílias ficam desabrigadas após cheia do Rio Cachoeira

Ao todo, foram desabrigadas 20 pessoas entre gestantes, crianças e adultos

Redação
Foto: Divulgação, Ascom/Prefeitura
Foto: Divulgação, Ascom/Prefeitura

 

Cerca de 6 famílias ficaram desabrigadas durante o final de semana, por conta da cheia do Rio Cachoeira, na zona oeste do município de Itabuna, no interior da Bahia. De acordo com a Prefeitura, essas famílias estão recebendo assistência preventiva desde o último sábado (4).

Com o auxílio da Diretoria da Defesa Civil da Secretaria de Segurança e Ordem Pública (Sesop) e Promoção Social da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps), as famílias foram transferidas para o Grupo Escolar Leonor Pacheco, no Bairro Maria Matos, e outras para a igreja Assembleia de Deus na localidade.

As equipes de apoio atuaram até às 2 horas de domingo (5), na Rua Eucalipto, na remoção das vítimas que moram em casas de madeira ou barracos. Quatro famílias foram acolhidas na escola e duas na igreja do bairro.

Outras famílias que também sofreram com a enchente foram abrigadas em casa de parentes e amigos e outras se negaram a sair do local, mas estão sendo acompanhadas pela Defesa Civil que faz o monitoramento do rio.

A cheia do Rio Cachoeira inundou algumas casas. A partir daí, de acordo com a prefeitura, iniciou-se o trabalho preventivo para evitar uma situação mais trágica.

Ao todo, foram desabrigadas seis famílias, com 20 pessoas entre gestantes, crianças e adultos. Posteriormente, serão encaminhadas para o CRAS de Referência para que outras medidas sejam adotadas, inclusive o benefício de auxílio-moradia, regulamentado pela Lei Municipal do Suas nº 2.447/90.



Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.