Publicado em 14/01/2017 às 08h32.

Mais de 20 presos fogem de complexo policial

Detentos cerraram os cadeados de uma das celas e usaram uma corda para subir e descer a parede

Rodrigo Daniel Silva

Vinte e um presos fugiram do Complexo Policial de Santo de Antônio de Jesus, no Recôncavo baiano, na noite desta sexta-feira (13), por volta das 23h30. A informação foi confirmada ao bahia.ba pela assessoria de comunicação da Polícia Civil.

Os detentos cerraram os cadeados de uma das celas e usaram uma corda feita de lençol para pular o muro da carceragem. De acordo com a Polícia Civil, seis presos já foram recapturados. Equipes da PC e da Polícia Militar buscam por outros foragidos.

Os presos já tinham sido sentenciados e aguardavam vagas para serem transferidos para o presídio. Segundo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), hoje, 2200 detentos estão em delegacias por causa da superlotação das penitenciárias baianas.

Na madrugada desta sexta, 17 presos já tinham fugido da Cadeia Pública de Salvador. Após o episódio, o governador Rui Costa (PT) mandou demitir o diretor e o diretor-adjunto da unidade prisional.

Controle – As fugas aconteceram um dia após o secretário da pasta, Nestor Duarte, dizer ao bahia.ba, durante a Lavagem do Bonfim, que o sistema carcerário baiano está sob controle, apesar do déficit de vagas.

Já o governador Rui Costa também se furtou de comentar a possibilidade de o sistema carcerário enfrentar algum tipo de rebelião, como as que vitimaram mais de 90 detentos na região Norte. Também durante o cortejo, o chefe do Executivo baiano afirmou que “não era dia de falar sobre rebelião, mas sim de fé”.

PUBLICIDADE

Mais notícias