Publicado em 27/01/2017 às 14h50.

MP aciona Embasa por fornecimento irregular de água

Segundo o autor da ação, o promotor de Justiça Ariel José Guimarães Nascimento, o fornecimento é intermitente e às vezes a falta d'água é total

Redação

O fornecimento irregular de água no município de Brejões, no sudoeste baiano, motivou o Ministério Público estadual a ajuizar ação civil pública contra a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) nesta sexta-feira (27).

Segundo o autor da ação, o promotor de Justiça Ariel José Guimarães Nascimento, o fornecimento é intermitente e às vezes a falta d’água é total. Foi requerido que a Justiça determine à Embasa que preste o serviço, em todas as ruas do município, de modo contínuo, e que contrate carros-pipa, caso necessário.

O promotor requer que a Justiça ordene o abatimento proporcional do preço dos serviços prestados pela Embasa na fatura dos consumidores residentes nos bairros e ruas que são afetados pelo fornecimento irregular e compense os valores nas contas futuras.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.