Publicado em 22/07/2019 às 07h23.

Outdoors do governo estadual são retirados de aeroporto

Governador Rui Costa (PT) e o presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) brigam pela "paternidade" da obra

Redação
Foto: Reprodução/ Blog do Anderson
Foto: Reprodução/ Blog do Anderson

 

Alguns outdoors do governo do estado foram retirados na noite de domingo (23), das proximidades do aeroporto Glauber Rocha, na cidade de Vitória da Conquista. O novo equipamento será inaugurado na terça-feira (23) e os materiais teriam sido tirados por ordem da prefeitura, segundo o Blog do Anderson.

O governador Rui Costa (PT) e o presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) brigam pela “paternidade” da obra.

Alguns membros do PT defendem que Rui não compareça à inauguração, já que a maioria dos participantes devem ser pró-Bolsonaro e o petista corre o risco de ser hostilizado.

Em sua página no Instagram, o líder do governo na Assembleia Legislativa da Bahia, Rosemberg Pinto (PT), defendeu que o governador Rui Costa cancele sua ida à inauguração.

“Primeiro, pela deselegância e preconceito do presidente contra os governadores do Nordeste. Segundo, Bolsonaro quer organizar um evento só para a elite. Nós queremos uma cerimônia para o povo. Além do mais, só poderão participar 300 convidados. O governador Rui Costa só terá direito a convidar 70 pessoas. O prefeito de Conquista, Hérzem Gusmão – também opositor a Rui – terá direito a 50 convidados e o presidente outros 150 convidados, além de 30 jornalistas. Ou seja, serão 200 pessoas para vaiar Rui, sem dúvida alguma”, escreveu.

“O governo da Bahia poderia realizar o ato de inauguração após o evento organizado pela presidência da República. Pode ser na parte da tarde do dia 23, ou no dia 24 ou 25, quando o aeroporto começará a operar voos comerciais para São Paulo e Minas Gerais”, completou.

 


Ver essa foto no Instagram

O governador @ruicostaoficial deveria cancelar a participação, ao lado de @jairmessiasbolsonaro, no ato de inauguração do novo Aeroporto de #VitóriadaConquista. Primeiro, pela deselegância e preconceito do presidente contra os governadores do Nordeste. Segundo, Bolsonaro quer organizar um evento só para a elite. Nós queremos uma cerimônia para o povo. Além do mais, só poderão participar 300 convidados. O governador Rui Costa só terá direito a convidar 70 pessoas. O prefeito de Conquista, Hérzem Gusmão – também opositor a Rui – terá direito a 50 convidados e o presidente outros 150 convidados, além de 30 jornalistas. Ou seja, serão 200 pessoas para vaiar Rui, sem dúvida alguma. O @governodabahia poderia realizar o ato de inauguração após o evento organizado pela presidência da República. Pode ser na parte da tarde do dia 23, ou no dia 24 ou 25, quando o aeroporto começará a operar voos comerciais para São Paulo e Minas Gerais. #RespeiteaBahia #RespeiteoNordeste #OrgulhodoNordeste

Uma publicação compartilhada por Deputado Rosemberg (@deputadorosemberg) em

PUBLICIDADE