Publicado em 13/12/2019 às 11h40.

Prefeita anuncia programa para preparar município para receber obra da ponte

Consórcio será formado por três grupos chineses

Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

A prefeita de Itaparica, Marlylda Barbuda, comemorou o resultado do leilão na Bolsa de Valores de São Paulo, nesta sexta-feira (13), quando foram anunciadas as empresas que serão as responsáveis pela obra de construção da Ponte Salvador-Itaparica.

O Consórcio será formado por três grupos chineses. Os empresários têm, a partir de agora, um ano para apresentar o projeto e outros quatro para entregar o equipamento construído.

“Quero parabenizar e agradecer ao governador Rui Costa, ao vice-governador João Leão, aos secretários Bruno Dauster e Marcus Cavalcanti, por conseguirem preparar a Bahia para receber um investimento tão importante. Essa é uma obra que vai mudar a vida de milhares de baianos, mas para nós de Itaparica será ainda mais impactante. Itaparica será um grande vetor de desenvolvimento com esse equipamento”, comemora Marylda.

A prefeita informa que preparou um robusto programa de governo para que o município e a população estejam preparados para receber o investimento.

“Muita gente não acreditava que esse projeto virasse uma realidade, mas sempre confiei na capacidade transformadora do governador Rui Costa e do nosso vice Leão. E na condição de prefeita meu papel é preparar a cidade para receber esse equipamento. Vamos capacitar e qualificar a nossa mão-de-obra para participar da construção do equipamento, mas também vamos atuar para que nosso comércio e toda rede de serviços do setor privado estejam prontos para aproveitar esse momento de transformação”, diz a prefeita.

A gestão e administração da ponte terá duração de 30 anos. O investimento será de R$ 6 bilhões e o aporte do Estado será de R$ 1,5 bilhão. A previsão é que sejam gerados sete mil empregos durante a obra nesta ponte que será a segunda maior da América Latina.