Publicado em 28/11/2019 às 20h40.

Prefeito tem contas rejeitadas por extrapolar gastos e é multado em R$ 46 mil

Gestor descumpriu percentual máximo par despesa total com pessoal e também terá que ressarcir os cofres públicos em cerca de R$ 335,7 mil

Redação

 

Foto: Giro Ipiaú
Foto: Giro Ipiaú

 

O Tribunal de Contas dos Municípios rejeitou nesta quinta-feira (28) as contas do prefeito de Dário Meira, William Almeida Sena, referentes ao exercício de 2018.

Além de descumprir o percentual máximo para despesa total com pessoal, o gestor promoveu despesas sem comprovar a execução de serviços contratados junto a empresa Planetário Serviços, Logística, Transportes e Turismo, no total de R$335.758,99.

Também motivou a reprovação o fato da dívida consolidada líquida do município ter representando 154,39% da receita corrente líquida, acima do limite de 1,2 fixado em resolução do Senado Federal.

O relator do parecer, conselheiro Francisco Netto, multou o gestor em R$10 mil pelas irregularidades identificadas na prestação de contas. Também imputou uma segunda multa no valor de R$36 mil, que corresponde a 30% dos subsídios anuais do gestor, pela não redução da despesa com pessoal.

Os conselheiros ainda aprovaram a determinação de ressarcimento aos cofres municipais na quantia de R$335.758,99, com recursos pessoais, devido a realização de despesas sem a comprovada execução dos serviços contratados. Cabe recurso à decisão.

PUBLICIDADE

Mais notícias