Publicado em 19/01/2017 às 21h40.

Prefeitura de Campo Formoso declara estado de emergência

Prefeita eleita alega falta de dados do gestor anterior e que cidade vive "inviabilidade admnistrativa"

Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

A cidade de Campo Formoso, no norte do estado, é palco de uma batalha administrativa envolvendo duas gestões da cidade. A prefeita Rose Menezes (PSD), atualmente à frente da cidade, decretou situação de emergência por conta de inviabilidade administrativa.

Em nota, a gestão atual aponta que a gestão do ex-prefeito Eurico Soares, também do PSD, não apresentou as contas relativas à dezembro de 2016, impossibilitando o pagamento de pessoal, fornecedores e serviços.

Também em nota, o ex-prefeito Eurico, informou que o prazo para apresentar as informações vai até o dia 31 de janeiro.

A gestão em vigor disse ainda que na conta da prefeitura há R$ 1,4 milhão para pagamento de despesas que superam os R$4 milhões. Sobre essas dívidas, Eurico disse que elas são de gestões anteriores, que ele fez uma negociação para quitá-las e elas estão sendo cobradas parceladamente

Segundo a prefeitura, o corpo de servidores da cidade apresenta 1.800 contratados, mas nã há um número exato de quantos funcionários estão com salários atrasados no momento.

Temas: campo formoso , psd


Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.