Publicado em 19/04/2021 às 10h50.

Prefeitura institui escalonamento de funcionamento do comércio; confira

Medidas começaram a valer nesta segunda-feira (19) e seguem por 15 dias

Redação
Foto: Reprodução/TV Bahia
Foto: Reprodução/TV Bahia

 

Foi publicado nesta segunda-feira (19) o decreto que estabelece o horário de funcionamento escalonado para estabelecimentos comerciais de Barreiras, no oeste da Bahia.

A medida estabelecida pela Prefeitura tem validade de 15 dias, a começar por esta segunda. No mesmo decreto, ficou definida restrição na locomoção noturna das 20h às 5h e a realização de qualquer atividade esportiva coletiva no período de 19 de abril até o dia 7 de maio.

Foi definida ainda a proibição da venda de bebidas alcoólicas a partir de 0h do dia 23 de abril até as 5hdo dia 26 de abril.

Veja como funciona o cronograma dos estabelecimentos:

Das 7h às 17h
comércio de produtos veterinários e fertilizantes
oficinas e lojas de autopeças
floricultura
escritórios de advocacia
contabilidade
despachante e corretores
centro comercial
autoescolas
concessionárias e locadoras de veículos
lanchonetes
lojas de materiais
setor de construção civil

Das 8h às 18h
bancos
casas lotéricas
templos religiosos
academias
papelarias
livrarias
escritórios de T.I.

Das 9h às 18h
óticas
relojoarias
lojas de bijuterias
lojas de colchões, tecidos, cama, mesa e banho
lojas de cosméticos e perfumaria
lojas de conveniências
lojas de artigos esportivos
armarinhos
lojas de departamentos

Das 10h às 19h
vestuário
móveis
eletrodomésticos
artigos eletrônicos
calçados, bolsas e acessórios
salões de beleza
clínicas de estética
barbearia e congêneres

– Os bares e restaurantes poderão funcionar das 10h às 18h, com permissão de serviço de delivery até a meia noite. A feira livre funcionará de segunda a sexta-feira, das 6h às 15h, e aos sábados, das 6h às 14h. Os estabelecimentos não relacionados poderão funcionar das 08h às 16h.

O decreto ainda relaciona os seguintes estabelecimentos, que não têm restrição de horário:

supermercados, açougues, peixarias e hortifrutis
padarias
farmácias (inclusive as de manipulação)
postos de combustíveis
lojas de ração animal
distribuidoras de águas, gás e combustíveis
frigoríficos
indústrias
borracharias
serviços de segurança
laboratórios, clínicas médicas e veterinárias

Transporte
O sistema de transporte público terá que adotar medidas no sentido de limitar a lotação, não podendo ultrapassar o limite de 50% de pessoas sentadas permitida nos veículos. A concessionária ainda deverá ampliar a frota de ônibus em circulação nos horários das 7h às 9h e das 17h às 20h, de segunda à sexta-feira. Com informações do portal G1.

 

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.