Publicado em 09/05/2017 às 12h50.

Secult nega fechamento de Centro de Cultura, mas admite dívidas

Boatos compartilhados nas redes sociais tratavam de um suposto encerramento das atividades do único espaço cultural para o exercício do teatro no município

Luís Filipe Veloso
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

O Centro de Cultura João Gilberto, em Juazeiro, no norte baiano, não terá as atividades encerradas, garantiu a Secretaria de Cultura do Estado a Bahia (Secult) em nota ao bahia.ba, nesta terça-feira (9). Em resposta à reportagem, a pasta afirmou que três empresas responsáveis pela contratação de funcionários que prestam serviço ao espaço cultural têm pendências financeiras com os trabalhadores.

Segundo a Secult, as informações divulgadas nas redes sociais sobre um possível fechamento do local a partir desta quarta-feira (10) não procedem e uma comitiva da Diretoria de Espaços Culturais seguirá para a cidade para acompanhar de perto a regularização da dívida com os terceirizados, além de estabelecer uma nova coordenação para o centro de arte que é a única alternativa para o exercício do teatro no município há 32 anos.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.