Publicado em 04/11/2020 às 08h54.

Alba: Almeida e Marinho são convocados por Leal para assumirem vagas de Machado e Tom

Convocação foi feita na edição desta quarta-feira (4) do Diário Oficial

Matheus Morais
Foto: Josemar Pereira/ Ag. Haack/ bahia.ba
Foto: Josemar Pereira/ Ag. Haack/ bahia.ba

 

Os substitutos dos deputados estaduais Targino Machado (DEM) e Pastor Tom (Patriotas) – ambos cassados – foram convocados pelo presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Nelson Leal (PP), nesta quarta-feira (4) para assumirem oficialmente como parlamentares.

Ângelo Almeida (PSB) assume no lugar de Machado e Josafá Marinho de Aguiar (Patriota) substitui Pastor Tom. A convocação foi feita na edição do Diário Oficial.

Targino Machado foi acusado pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) de oferecer consultas médicas gratuitas em clínica clandestina em troca de votos na eleição de 2018. O democrata teve os votos anulados pelo TSE.  Já Pastor Tom é acusado pelo MPE de não ter comprovado filiação partidária quando da eleição para o cargo, em 2018.

Em publicação nas redes sociais no dia 14 de outubro, Machado afirmou que deixa a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) “como político honrado”. O parlamentar chegou a dizer que a decisão pode ter sido tomada por ele ser um “médico humanitário”.



Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.