Publicado em 16/01/2022 às 11h00.

Apesar de desgastes, aliados de Lula e Alckmin veem aliança pavimentada

Divergências em propostas de governo trazem ruído, mas não são vistas como impeditivas de união

Redação
Foto: Reprodução, redes sociais
Foto: Reprodução, redes sociais

 

Apesar de ter apresentado desgastes, a chapa conjunta entre o ex-presidente Lula (PT) e o ex-governador Geraldo Alckmin (sem partido) é vista como pavimentada.

Na análise de aliados, a união demonstrou reistir a desafios de ordem programática e partidária. Para interlocutores de Alckmin, diferenças pontuais nas propostas do petista e do ex-tucano são serão entraves na aliança.

A leitura de quem acompanha as conversas entre Lula e Alckmin é a de que ambos querem fazer a chapa acontecer e, para isso, estão dispostos a superar diferenças.

Se tudo correr como apontam os ponteiros, a união pela corrida ao Palácio do Planalto pode ser anunciada em fevereiro.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.