Publicado em 02/08/2022 às 11h02.

Após morte de estudante, Bruno diz que governo não tem capacidade de enfrentar o crime

Ao citar outros casos recentes de violência em Salvador, o prefeito criticou a segurança pública na administração do governador Rui Costa (PT)

Cássio Santana / Jamile Amine
Foto: Cássio Santana / bahia.ba
Foto: Cássio Santana / bahia.ba

 

Em conversa com jornalistas em evento de entrega de geomanta no bairro de São Caetano, o prefeito Bruno Reis (UB) disse ter recebido com indignação a notícia da morte de uma estudante de 14 anos ocorrida na manhã desta terça-feira (2), em Salvador, após uma tentativa de assalto.

“Onde nós vamos parar? Semana passada foi uma amiga nossa, nutricionista, agora uma jovem de 14 anos que perde a vida, ontem uma senhora de 65. É uma constatação, com cenas lamentáveis todos os dias, de que o governo não tem mais condições de resolver o problema da segurança pública”, declarou o gestor municipal, citando casos recentes de violência na capital baiana.

“Então, a gente lamenta, se solidariza com a família. É com indignação que a gente recebe uma notícia como essa”, disse o prefeito, segundo o qual a gestão de Rui Costa (PT) “perdeu a capacidade de dar enfrentamento ao crime e à marginalidade”.

Bruno Reis, afirmou ainda que suas críticas à segurança não ocorrem por conta da rivalidade política, mas sim por causa de “fatos que estão ocorrendo de forma rotineira e diariamente” em Salvador. “Vamos parar onde? Vai ser necessário o que pra esse governo ter uma atitude e efetivamente trazer a solução pra esse problema?”, questionou.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.