Publicado em 17/04/2021 às 14h30.

Bolsonaro poderá passar pela quinta cirurgia após atentado

Em conversa com apoiadores, presidente afirmou que poderá colocar uma tela na lateral do abdomen

Redação
Foto: Reprodução/ Youtube
Foto: Reprodução/ Youtube

 

O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste sábado que poderá passar, ainda este ano, pela quinta cirurgia provocada pelo atentado a faca registrado em setembro de 2018. O assunto foi tratado em conversa com apoiadores, na porta do Palácio Alvorada.

“Talvez, neste ano, mais umazinha. Mas é tranquilo, de hérnia”, disse Bolsonaro. Ele tem uma tela de polipropileno para a proteção na frente do abdomen e deve colocar nova proteção na área lateral.

A primeira cirurgia após a facada foi realizada no mesmo dia do atentado, em um hospital de Juiz de Fora (MG), quando Bolsonaro teve implantada uma bolsa de colostomia. Ainda antes de receber alta e já no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, o então candidato a presidente passou por um segundo procedimento em razão de uma obstrução na alça do intestino delgado.

Em janeiro de 2019, Bolsonaro voltou à unidade paulista para a retirada da bolsa de colostomia e ligamento do intestino.Em setembro, sofreu a quarta intervenção, no hospital Vila Nova Star, em São Paulo, para corrigir uma hérnia (saliência de tecido) surgida no local das intervenções anteriores e implantação da tela. Fonte: G1

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.