Publicado em 06/04/2020 às 14h05.

Cairu, o sofrer onde turismo é quase tudo

'O pior é que passamos a crise do óleo sem receber ajuda alguma. Agora vem essa, a mesma coisa, nada de ajuda'

Levi Vasconcelos

Cairu, o único município arquipélago do Brasil, no qual ficam Morro de São Paulo e Boipeba, está comendo o pão que o diabo amassou. Tem três atividades: turismo, a principal: pesca, inserida na primeira como mercado; e alguma coisa de agricultura extrativista (coco e piaçava), algo muito incipiente. Tudo na estaca zero, segundo o prefeito Fernando Brito (PSD).

— Só com o cancelamento de passeios como volta às ilhas, voltas de barco, o fim a suspensão da taxa de embarque no Morro, o prejuízo vai a R$ 2 milhões só nos cofres da Prefeitura, sem falar no problema social. O pior é que passamos a crise do óleo sem receber ajuda alguma. Agora vem essa, a mesma coisa, nada de ajuda

O pior: ninguém sabe quando vai passar.

Levi Vasconcelos

Levi Vasconcelos é jornalista político, diretor de jornalismo do Bahia.ba e colunista de A Tarde.

PUBLICIDADE

Mais notícias