Publicado em 06/11/2019 às 15h45.

Com votação suspensa, vereadores criticam Lorena após áudio vazado

Câmara de Salvador tem na sua pauta de votação vetos da prefeitura à regulamentação dos aplicativos de transporte

Chayenne Guerreiro / Rodrigo Aguiar

 

Foto: Chayenne Guerreiro/bahia.ba
Foto: Chayenne Guerreiro/bahia.ba

 

Vereadores de Salvador criticaram a colega Lorena Brandão (PSC), após o vazamento do áudio no qual ela orienta um líder dos motoristas de aplicativos a “ir para cima” da Câmara, que tem na sua pauta de votação vetos da prefeitura à regulamentação dos aplicativos de transporte.

Com o mal-estar causado pelo áudio, a apreciação dos vetos foi suspensa pelo presidente da Casa, Geraldo Jr. (SD).

Em entrevista ao bahia.ba, o vereador Kiki Bispo (PTB) lembrou que Lorena é 1ª vice-líder do governo na Câmara. “Ela exerce uma função de vice-líder do governo. Acho que houve uma mistura de funções”, defendeu.

Toinho Carolino (Podemos) também reclamou da postura da colega. “O envolvimento da vereadora Lorena foi uma surpresa, para nós, até porque ela está fora do país. Não entendi porque a interferência dela, já que ela não esteve presente na reunião Há um áudio em que ela pede para ‘ir para cima’. Eu, particularmente, acho isso uma forma de afrontar e desrespeitar os colegas, porque coloca a cidade contra os vereadores”, opinou.

Líder da oposição na Casa, o vereador Sidninho (Podemos) afirmou que o áudio soa “indecente”. “Não se pode manipular a categoria contra a Casa. Enquanto líder do governo não se pode fazer isso”, discursou.

PUBLICIDADE