Publicado em 17/06/2019 às 22h20.

Comissão pode debater relatório da reforma da Previdência na terça-feira (17)

Oposição concordou em não obstruir a fase de debates

Redação
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

O parecer do deputado Samuel Moreira (PSDB-RJ) sobre a reforma da Previdência poderá ser debatida a partir de terça-feira (17) pela Comissão Especial.

Um pedido de vista coletivo adiou o início da discussão na comissão por duas sessões do plenário, após apresentação na quinta-feira passada (13).

Com sessões nesta segunda-feira (17) e na sexta-feira (14) passada, o prazo foi cumprido e a discussão pode ser iniciada na terça, a partir das 9 h. Segundo o presidente do colegiado, deputado Marcelo Ramos (PL-AM), a oposição concordou em não obstruir a fase de debates.

Pelo acordo alinhado com líderes de partidos da oposição para que não haja obstrução na fase de discussão, todos os deputados, membros ou não do colegiado, poderão se inscrever para falar nessa fase e terão a fala garantida, desde que estejam presentes no momento em que forem chamados a se manifestar. O acordo garante ainda que não haverá data pré-estabelecida para o fim da discussão da matéria na comissão especial.

 

PUBLICIDADE