Publicado em 07/03/2016 às 07h24.

Cunha deve ser notificado sobre decisão do Conselho nesta segunda

Na última quinta-feira (4), ele se recusou a receber a notificação sob o argumento de que se encontrava em reunião

Redação
Foto: Gustavo Lima / Câmara dos Deputados
Foto: Gustavo Lima / Câmara dos Deputados

 

O presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), deve receber nesta segunda-feira (7) a notificação sobre a decisão do Conselho de Ética de dar prosseguimento ao processo contra ele.

Na última quinta-feira (4), o deputado se recusou a receber a notificação, sob o argumento de que se encontrava em reunião. A entrega foi agendada para a tarde desta segunda, sem horário definido.

Por causa de apenas um voto, o Conselho de Ética da Casa aprovou, na última quarta-feira (3), o relatório preliminar sobre a acusação de que ele teria ocultado contas bancárias secretas na Suíça e mentido sobre a existência delas em depoimento à CPI da Petrobras. A aprovação se deu por 11 votos contra 10, após o presidente do Conselho de Ética, deputado José Carlos Araújo (PSD-BA), dar o voto de minerva e desempatar o placar. Três baianos votaram a favor de Cunha: Erivelton Santana (PSC), Cacá Leão (PP) e João Carlos Bacelar (PR); e dois contra: Paulo Azi (DEM) e o próprio Araújo.

O peemedebista nega ser o dono das contas, mas admite ser o beneficiário de ativos geridos por trustes no exterior.

Ainda na semana passada, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, por unanimidade, abrir ação penal contra Cunha pela acusação de que ele teria recebido US$ 5 milhões em propina de um contrato da Petrobras.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.