Publicado em 26/01/2021 às 07h24.

‘Derrotar candidato do Bolsonaro supera traumas do passado’, diz ex-ministro do PT

Referência de Alexandre Padilha diz respeito ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT)

Redação
Foto: Matheus Morais/bahia.ba
Foto: Matheus Morais/bahia.ba

 

Após uma reunião de Baleia Rossi (MDB) com a bancada petista na segunda-feira (25) em São Paulo, o deputado federal Alexandre Padilha (PT-SP) se disse disposto a superar os traumas do passado para ajudar o candidato a vencer a eleição à Presidência da Câmara. A informação é da coluna de Guilherme Amado, da revista Época.

A referência do ex-ministro da Saúde diz respeito ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). O partido que Baleia Rossi preside, o MDB, liderou o afastamento da ex-presidente e ele foi um dos principais articuladores do processo.

Para Padilha, o foco agora deve ser a derrota de Arthur Lira, candidato que tem o apoio de Jair Bolsonaro. “A necessidade de derrotar o candidato do Bolsonaro supera os traumas do passado. Tenho certeza que o PT vai garantir mais de 50 votos para o Baleia. A bancada está unida em relação a isso”, disse Padilha.
Além de Padilha, participaram do encontro petistas como o ex-presidente do PT, Rui Falcão, Arlindo Chinaglia e Paulo Teixeira, entre outros parlamentares.