Publicado em 18/03/2017 às 14h00.

Filho de ministro baiano é citado na lista de Janot, diz coluna

Advogado Tiago Cedraz é suspeito de receber R$ 1 milhão da Odebrecht para resolver problemas no Tribunal de Contas da União

Redação
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

 

O advogado Tiago Cedraz, filho do ministro baiano do Tribunal de Contas da União (TCU), Aroldo Cedraz, foi citado na “lista de Janot” – nome que foi dado aos 83 pedidos de abertura de inquérito registrados pelo procurador-geral, Rodrigo Janot, no Supremo Tribunal Federal (STF).

De acordo com a coluna Expresso, da revista Época, o nome de Tiago Cedraz “aparece junto” com o dos ministros Raimundo Carreira e Vital do Rêgo, que estão na lista.

Conforme a publicação, o adovagado é suspeito de receber R$ 1 milhão da Odebrecht para resolver problemas no Tribunal.