Publicado em 18/09/2020 às 14h33.

Governador ironiza declarações de Alexandre Aleluia

'O vereador deve estar com dificuldade de se eleger. Não sou eu que vou ajudá-lo', disparou Rui

Adriano Villela / Raphael Minho
Foto: divulgação GOV BA
Foto: divulgação GOV BA

 

No município de Barra, para uma série que marca as 600 viagens feitas ao interior nos seis anos de sua gestão, o governador Rui Costa ironizou declarações do vereador de Salvador Alexandre Aleluia (DEM) de que o governo estadual estaria perseguindo o André Porciuncula Alay Esteves.

“Não comento a declaração do vereador. É ano eleitoral, o vereador deve estar com dificuldade de se eleger. Não sou eu que vou ajudá-lo”, resumiu Rui, em resposta a pergunda do bahia.ba.

De campo político oposto ao chefe do executivo, Alexandre Aleluia relatou que o militar seria nomeado para o governo federal, mas não teria sido cedido pelo governo estadual.

Ainda em Barra, Rui Costa explicou que por ter filiação partidária, só poderá aparecer em propaganda eleitoral no rádio e na TV para apoiar candidatos do PT ou de coligações apoiadas pela sigla.