Publicado em 26/04/2019 às 11h24.

Governo corta ponto na greve das universidades

Só vai receber quem comprovadamente trabalhou

Levi Vasconcelos

A greve de 22 dias nas universidades estaduais (Uneb, UESC, UEFS e UESB) ainda vai ter desdobramentos de resultados imprevisíveis: Rui Costa mandou cortar o ponto de todos os grevistas. Ou melhor, só vai receber quem comprovadamente trabalhou.

A greve foi deflagrada reivindicando o aumento de investimentos e a recomposição salarial, já que o Estado não dá aumento há quatro anos. O governo acha se atender, o Estado quebra.

Levi Vasconcelos

Levi Vasconcelos é jornalista político, diretor de jornalismo do Bahia.ba e colunista de A Tarde.

PUBLICIDADE