Publicado em 17/02/2020 às 19h00.

Governo nega impasse com chineses vencedores de licitação da ponte Salvador-Itaparica

Governo da Bahia diz que "ainda não existe data oficial agendada para assinatura do contrato"

Redação
Imagem: ilustração/Governo da Bahia
Imagem: ilustração/Governo da Bahia

 

O Governo do Estado negou, por meio de nota, nesta segunda-feira (17), suposto impasse com o consórcio chinês vencedor da licitação para construção da ponte Salvador-Ilha de Itaparica, e  diz que desconhece exigência para liberação de recursos.

De acordo com a nota, “ainda não existe data oficial agendada para assinatura do contrato, mas sim um prazo regimental de 60 dias, prorrogáveis por mais 30 dias, a partir da homologação do consórcio”.

A homologação foi publicação no Diário Oficial do Estado no último dia 24 de janeiro.

Abaixo a íntegra da nota.

NOTA À IMPRENSA – PONTE

O Governo do Estado nega a existência de impasse com o Consórcio chinês vencedor da licitação para a construção da ponte Salvador-Ilha de Itaparica e desconhece exigência para liberação de recursos. Esclarece ainda que não existe data oficial agendada para assinatura do contrato, mas sim um prazo regimental de 60 dias, prorrogáveis por mais 30 dias, a partir da homologação do consórcio. A homologação foi publicação no Diário Oficial do Estado no último dia 24 de janeiro.

PUBLICIDADE