Publicado em 09/07/2019 às 16h26.

Ida de Prates para Secretaria da Saúde não tem a ver com eleição, diz ACM Neto

Apesar do seu perfil “político”, Prates foi colocado em uma pasta de teor mais “técnico”, conforme o prefeito

Breno Cunha
Foto: Valter Pontes/Secom/prefeitura de Salvador
Foto: Valter Pontes/Secom/prefeitura de Salvador

 

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), negou que a ida de Leo Prates para a Secretaria Municipal de Saúde tenha alguma relação com a eleição do próximo ano.

Especulado nos últimos meses como possível “plano B” do prefeito para a sucessão municipal, Prates foi colocado em uma secretaria de teor mais “técnico”, apesar do seu perfil “político”, conforme Neto.

“Eu não tomo nenhuma decisão focado em eleição. Quando eu assumi a prefeitura em 2013, com a perspectiva de me reeleger quatro anos depois, eu juntei a minha equipe e disse que ninguém iria pensar em eleição. Eleição é consequência de trabalho”, declarou o chefe do Thomé de Souza.

“[A mudança] Não veio a partir de nenhuma demanda política ou questão partidária. Veio por um pensamento meu”, acrescentou o prefeito.

Atual diretora geral das Prefeituras-Bairro, Ana Paulo Matos substituirá Prates na Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre). Luiz Galvão, que deixa o comando da Saúde, será secretário geral das Prefeituras-Bairro.

PUBLICIDADE