Publicado em 06/06/2018 às 08h07.

‘Indecisão entre Lídice e Coronel pode favorecer Popó’, acredita Félix Jr.

Para o pedetista, na atual conjuntura política, é mais fácil que Popó seja eleito para o Senado do que para a Câmara dos Deputados

Matheus Morais
Foto: Bruno Concha/ Ag. Haack/ bahia.ba
Foto: Bruno Concha/ Ag. Haack/ bahia.ba

 

O presidente estadual do PDT e deputado federal, Félix Jr., afirmou ao bahia.ba que a indefinição da chapa governista entre Lídice da Mata (PDT) e Angelo Coronel (PSD) pode favorecer a pré-candidatura do ex-pugilista  Acelino Freitas, o Popó, ao Senado.

“Vamos disputar contra três ou quatro candidatos e acho que ele tem chances, sim. Essa indefinição entre o nome de Lídice e Coronel pode nos ajudar, vai que fazem uma pesquisa e o nome dele bate em primeiro. Ele não foi testado em nenhuma pesquisa ainda, é uma pré-candidatura, vamos aguardar”, ressaltou.

Para o pedetista, na atual conjuntura política, é mais fácil que Popó seja eleito para o Senado do que para a Câmara dos Deputados. “O nome dele foi bem aceito, recebi inúmeras ligações e mensagens parabenizando. Vejo essa facilidade maior para o Senado, é um nome conhecido e pode surpreender”, completou.

Na passagem pela Câmara, Popó herdou, na suplência, a vaga de Mário Negromonte (PP-BA), que deixou o cargo para assumir o Ministério das Cidades. Na tentativa de se reeleger, perdeu as eleições de 2014.

PUBLICIDADE