Publicado em 09/04/2019 às 15h30.

Joceval diz ter insatisfações, mas nega intenção de sair da base do prefeito

Vereador citou "forças ocultas" que estariam minando o seu caminho dentro da Casa

Breno Cunha
Foto: Antonio Queirós/ CMS
Foto: Antonio Queirós/ CMS

 

O vereador Joceval Rodrigues fez um desabafo na Câmara Municipal de Salvador na tarde desta terça-feira (09) ao comentar sua relação com o governo do prefeito ACM Neto (DEM). Joceval disse que está sendo alvo de “forças ocultas” por sua condução da Comissão de Finanças, Orçamento e Fiscalização.

“Tenho as minhas insatisfações, mas quando eu sair da base do prefeito ACM Neto, eu venho aqui anunciar. Não quero que ninguém fale por mim”, disse Joceval.

O edil acrescentou que já prejudicou a sua carreira política por fazer parte do grupo – ele foi líder de governo de ACM Neto antes da primeira tentativa de se eleger deputado federal.

“Eu estou aqui para servir e ajudar o prefeito ACM Neto a melhor conduzir essa cidade. Só fiz isso até agora, de forma que prejudiquei a [minha] saúde, minha base, perdi duas eleições para deputado federal… mas não cutuca não. Sou filho de Deus, mas também sei fazer justiça e se rebelar”, falou.

Presidente da Casa, Geraldo Jr. se solidarizou com Joceval: “Se cutucarem vossa excelência, estão cutucando o presidente desta Casa. Essas forças ocultas já foram expurgadas desta Câmara”.

Pouco depois, o vereador Marcos Mendes também falou sobre o caso: “Ele foi eleito e tem compromisso com a população e com a sociedade e não com o prefeito”.

Indignado com suposta retaliações, o vereador Cezar Leite (PSDB) se colocou como “independente” na Câmara Municipal, nesta semana.

 

PUBLICIDADE