Publicado em 06/11/2019 às 07h22.

Jornal Nacional bate recorde e alcança 34 milhões de pessoas com denúncia contra Bolsonaro

Desempenho do JN na última semana foi o melhor desde os meados de agosto, há mais de 70 dias

Redação
Foto: Reprodução / TV Globo
Foto: Reprodução / TV Globo

 

O Jornal Nacional conseguiu um aumento de sua audiência depois da polêmica matéria que ligava o presidente Jair Bolsonaro (PSL) à morte de Marielle Franco. O levantamento foi divulgado pelo site NaTelinha, do UOL.

O jornal apresentado por William Bonner e Renata Vasconcellos foi visto por 34 milhões de pessoas na última semana, superando em 200 mil pessoas a audiência da novela das 21h, A Dona do Pedaço, que historicamente tem mais alcance que o telejornal.

O desempenho do JN na última semana foi o melhor desde os meados de agosto, há mais de 70 dias.

Após a reportagem, Bolsonaro voltou a ameaçar a TV Globo com a não renovação da concessão da emissora. Ele acusou a emissora de o “infernizar” e disse que, se a Globo tivesse “o mínimo de decência”, não teria divulgado detalhes de uma investigação em segredo judicial.

“Vocês vão renovar a concessão em 2022. Não vou persegui-los, mas o processo vai estar limpo. Se o processo não estiver limpo, legal, não tem renovação da concessão de vocês, e de TV nenhuma. Vocês apostaram em me derrubar no primeiro ano e não conseguiram”, disse.

PUBLICIDADE

Mais notícias