Publicado em 06/07/2017 às 11h56.

Justiça do DF mantém prisão de Geddel Vieira Lima

Ex-ministro está preso desde a última segunda-feira (3), quando a PF cumpriu mandado em sua casa, em Salvador

Redação
Foto: Dida Sampaio/ Estadão Conteúdo
Foto: Dida Sampaio/ Estadão Conteúdo

 

O juiz federal Vallisney de Souza Oliveira, titular da 10ª Vara da Justiça Federal do Distrito Federal, manteve nesta quinta-feira (6) a prisão preventiva do ex-ministro Geddel Vieira Lima, preso na última segunda (3), em Salvador.

Um dos aliados mais próximos do presidente Michel Temer e responsável pela articulação política do Palácio do Planalto até o fim do ano passado, o peemedebista foi detido por suspeita de atrapalhar investigações da Operação Cui Bono, que apura supostas fraudes na liberação de crédito da Caixa Econômica Federal.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.