Publicado em 15/06/2020 às 08h34.

Líder do movimento 300 do Brasil, Sara Winter é presa pela PF em Brasília

Inquérito do Supremo Tribunal Federal investiga organização criminosa que tem fomentado os recentes atos antidemocráticos no DF

Redação
Foto: Facebook/Reprodução
Foto: Facebook/Reprodução

 

A ativista do movimento 300 do Brasil, Sara Winter, foi presa na manhã desta segunda-feira (15) pela Polícia Federal. Ela foi levada para a Superintendência do órgão em Brasília.

O mandado de prisão foi autorizada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, após pedido feito na semana passada pelo procurador-geral da República, Augusto Aras.

A investigação faz parte do inquérito que apura uma organização criminosa que tem fomentado manifestações antidemocráticas, alguns dos quais liderados por Sara Winter. Outros cinco mandados de prisão ligados ao 300 do Brasil também estão em execução nesta manhã.

A prisão da ativista, porém, não tem relação com ameaças feitas por ela a Alexandre de Moraes.

(Com informações do jornal Folha de S. Paulo e da GloboNews)