Publicado em 12/08/2019 às 11h24.

Madre de Deus: um ano sem assassinato

Seja lá como for, há o que se festejar mesmo

Levi Vasconcelos

Com pouco mais de 32 km quadrados, situado na Região Metropolitana de Salvador, Madre de Deus, o terceiro menor município do Brasil (só perde para Santa Cruz de Minas, em Minas, e Água de São Pedro, São Paulo), população de 20 mil habitantes, fez uma festa especial no domingo (11): comemora um ano sem assassinato. O prefeito Jefferson Andrade (PP) colhe os créditos. Diz que o resultado é fruto principalmente de investimentos em políticas para criança e juventude.

Seja lá como for, há o que se festejar mesmo. O índice de assassinatos no Brasil neste ano caiu, mas o Mapa da Violência dita que em 2016 nada menos que 62.507 pessoas foram assassinadas no país, o que quer dizer que três Madres de Deus voam pelos ares a cada ano.

Levi Vasconcelos

Levi Vasconcelos é jornalista político, diretor de jornalismo do Bahia.ba e colunista de A Tarde.

PUBLICIDADE