Publicado em 19/04/2016 às 16h40.

Marcos Lisboa: ‘Não vou participar de eventual governo Temer’

Ex-secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda nega ter sido sondado para compor equipe do vice-presidente

Agência Estado
MARCOS (15)
Lisboa: descarta participação em um possível governo Temer (Foto: Corecon-SP)

 

O ex-secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda e presidente do Insper, Marcos Lisboa, negou que tenha sido sondado e que vá participar de um eventual governo do vice-presidente Michel Temer, no caso de prosperar o afastamento da presidente Dilma Rousseff pelo Senado Federal. Após participar de audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, Lisboa afirmou que não teve nenhuma conversa com a equipe de Temer. “Não fui sondado e não vou participar de um eventual governo Temer”, afirmou.

Questionado insistentemente por jornalistas se faria parte de uma eventual nova equipe econômica, Lisboa repetiu: “Não tive conversa e não vou para o governo (Temer)”.

Lisboa é o segundo economista de uma lista de apostas para compor a nova equipe econômica na possibilidade de o vice-presidente assumir o comando do país. Armínio Fraga, ex-presidente do Banco Central, que também consta dessa lista, já disse que não vai assumir nenhum cargo, mas poderá contribuir informalmente de uma eventual gestão de Temer.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.