Publicado em 17/10/2019 às 15h54.

Moema sobre Teobaldo: ‘Está configurando campanha antecipada’

"Quem tem que ver isso é o TRE. Quem faz campanha antecipada comete um crime", afirmou a prefeita de Lauro de Freitas, na tarde desta quinta

Breno Cunha / Romulo Faro
Foto: Breno Cunha/bahia.ba
Foto: Breno Cunha/bahia.ba

 

Provável candidata à reeleição na disputa de 2020, a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho (PT), disse na tarde desta quinta-feira (17) que seu possível adversário Teobaldo Costa (sem partido) pode estar cometendo crime eleitoral, por causa de suas aparições recorrentes nas propagandas do Atacadão Atakarejo, sua rede de supermercados.

“Quem tem que ver isso é o TRE (Tribunal Regional Eleitoral da Bahia), porque isso está configurando campanha antecipada. Eu estou preferindo trabalhar. Quem faz campanha antecipada comete um crime. Eu tenho o direito a poder recorrer à reeleição, mas por enquanto não estou fazendo campanha”, afirmou a prefeita na chegada à reunião que Rui Costa convocou na Governadoria para discutir sobre as borras de óleo que estão atingindo as praias do litoral baiano.

Moema espera posicionamento do Partido Progressista (PP), do vice-governador João Leão, sobre a pré-candidatura de seu ex-secretário de Desenvolvimento Econômico Mauro Cardim.

“O PP nunca foi da base, mas o único vereador do partido sempre foi do meu lado, foi meu líder de governo, hoje continua na minha base. Leão disse que quem decidia as coisas era Cacá (Leão, deputado federal). Ele disse que estaria trabalhando conosco”.

A prefeita comentou ainda sobre o PSD do senador Otto Alencar e da deputada estadual Mirela Macedo, sua ex-vice-prefeita e possível adversária no próximo ano. Moema ainda acredita na possibilidade de o partido lhe apoiar.

“Eu fui eleita prefeita pela terceira vez com apenas cinco partidos me apoiando, então não tenho esse problema em relação à quantidade de partidos. Claro que é sempre bem vindo o apoio de partidos que concordam com a nossa forma de governar. Não abro mão de dialogar. Assim que temos construído. Em todas as três vezes que fui eleita, estive com poucos partidos”.

PUBLICIDADE