Publicado em 21/01/2016 às 12h33.

Neto defende Geddel e dispara: ‘não tenho grandes amigos na OAS’

Democrata justificou que esteve com o aliado em 2013 para falar sobre a construção do Edifício Costa Espanha, em Ondina

Rodrigo Aguiar
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Divulgação
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Divulgação

 

O prefeito ACM Neto (DEM) confirmou ter conversado com o presidente estadual do PMDB Geddel Vieira Lima sobre a realização de obras em Salvador pela construtora OAS, um dos alvos da Operação Lava Jato, mas negou que o contato do peemedebista se deu como lobista da empreiteira. Em coletiva de impressa durante a última vistoria antes da entrega da Estação da Lapa nesta quinta-feira (21), o democrata justificou que esteve com o aliado em 2013, quando ele ocupava o cargo de vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica Federal, para falar sobre o projeto da construção do Edifício Costa Espanha, em Ondina, pela companhia.

“Nunca, em nenhum momento, Geddel me fez qualquer tipo de solicitação que fosse indevida, inadequada, ou fora dos parâmetros legais e corretos da prefeitura e da moralidade pública”, argumentou. Conforme o prefeito, na conversa, foi proposta a construção de uma ciclovia na área como uma das contrapartidas do empreendimento. No entanto, segundo ele, o projeto não avançou, à época, o que não acarretou em nenhuma consequência prática.

Neto ainda ironizou a ilação do caso ao seu nome e disse que “se há um lugar” onde não tem “grandes amigos” é na OAS, ao se referir indiretamente à briga pública pela herança da família Magalhães com Cézar Mata Pires, dono da construtora e casado com Tereza Mata Pires, sua tia. “O fato de eu não ter amizade ou relações com os proprietários da OAS jamais me fez ter qualquer atitude persecutória ou restritiva à empresa, pelo contrário. Tanto que eles, depois que cumpriram todas as exigências legais, tiveram o Habite-se, em 2014”, argumentou. Para o prefeito, o assunto está encerrado, pois não há mais nada que possa ser explorado pela investigação.

PUBLICIDADE