Publicado em 01/02/2021 às 18h20.

Neto nega negociação do comando do MEC por posicionamento na Câmara

Democratas se manteve neutro na disputa e não declarou apoio ao candidato de Rodrigo Maia, Baleia Rossi

Redação
Foto: Max Haack/Secom
Foto: Max Haack/Secom

 

O presidente nacional do Democratas, ACM Neto, negou um possível acordo para o partido declarar neutralidade na eleição pela presidência da Câmara dos Deputados. Conforme o portal O Antagonista, o presidente Jair Bolsonaro teria oferecido o comando do Ministério da Educação (MEC) a Neto para que o candidato de Rodrigo Maia (DEM), Baleia Rossi (MDB), não recebesse apoio da legenda.

Em entrevista ao Valor Econômico nesta segunda-feira (1ª), o ex-prefeito de Salvador afirmou que “jamais negociaria isso com o governo”.

No domingo (31), o DEM declarou que iria se manter neutro na disputa e não manifestou apoio a Rossi. Ele concorre contra Arthur Lira (PP-AL), candidato apoiado por Jair Bolsonaro (sem partido).

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.