Publicado em 17/06/2022 às 14h58.

‘O presidente da Petrobras tem que renunciar imediatamente’, diz Lira após aumento

'Saia! Pois sua gestão é um ato de terrorismo corporativo', escreveu o presidente da Câmara dos Deputados

Redação
Foto: Michel Jesus/ Agência Câmara
Foto: Michel Jesus/ Agência Câmara

 

Após o anúncio de reajuste no preço dos combustíveis nesta sexta-feira (17), o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), defendeu a renúncia do presidente da Petrobras, José Mauro Ferreira Coelho, e disse que ele trabalha contra o Brasil.

>> Ações da Petrobras desabam após anúncio de reajuste

“O presidente da Petrobras tem que renunciar imediatamente. Não por vontade pessoal minha, mas porque não representa o acionista majoritário da empresa —o Brasil— e, pior, trabalha sistematicamente contra o povo brasileiro na pior crise do país”, disse, por meio de sua conta no Twitter.

Lira disse, ainda, que o presidente da Petrobras só representa a si mesmo e o que faz deixará um legado de destruição para a empresa. “Saia! Pois sua gestão é um ato de terrorismo corporativo”, completou.

Temas: diesel , lira , Petrobras

Mais notícias

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.