Publicado em 16/09/2019 às 18h20.

Petista rebate secretário de Neto após críticas a condições de parques estaduais

“A questão ambiental é muito mais séria do que pretensões eleitorais”, afirmou o deputado Marcelino Galo

Rodrigo Aguiar
Foto: Sandra Travassos/ AL-BA
Foto: Sandra Travassos/ AL-BA

 

Vice-presidente da Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa, o deputado Marcelino Galo (PT), aliado do governo Rui, rebateu declaração feita pelo secretário municipal de Sustentabilidade, André Fraga.

Durante a assinatura da ordem de serviço para as obras de requalificação do Jardim Botânico, o titular da Secis fez uma provocação ao governo do Estado – segundo Fraga, há um teste simples para saber se um parque é de responsabilidade da prefeitura ou do governo.

“Se o parque estiver bem cuidado, é da prefeitura; se estiver mal cuidado, é do governo”, completou.

O secretário ainda especulou uma possível candidatura do prefeito ACM Neto (DEM) ao governo em 2022, ao dizer que “seria ótimo acelerar o processo eleitoral para o prefeito cuidar dos parques, como o de Pituaçu”.

A gestão do Parque de Pituaçu é feita pelo Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), órgão ligado à Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema).

“A questão ambiental é muito mais séria do que pretensões eleitorais”, rebateu Marcelino.

Para o parlamentar, a capital baiana teve uma “participação de fachada”, ao sediar recentemente a Semana do Clima, evento organizado pela ONU. “Se ele fizesse realmente o que falou, Salvador seria uma cidade exemplar”, declarou o petista.

PUBLICIDADE

Mais notícias