Publicado em 22/06/2022 às 08h44.

Polícia Federal prende ex-ministro da Educação Milton Ribeiro

A PF cumpre mandados de busca e apreensão em endereços do ex-ministro e pastores suspeitos de operar um balcão de negócios no MEC

Redação
Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados
Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

 

A Polícia Federal prendeu o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, na manhã desta quarta-feira (22), em uma operação que investiga esquema de corrupção envolvendo pastores evangélicos durante a gestão dele à frente do MEC.

De acordo com informações da coluna do jornalista Igor Gadelha, da Metrópoles, o ex-ministro foi preso no início da manhã em sua casa na cidade de Santos, no litoral paulista. A expectativa é de que ele seja transferido para Brasília ainda nesta quarta.

>> Bolsonaro diz que bota ‘a cara no fogo pelo Milton Ribeiro’

Ainda segundo a coluna, a prisão foi determinada pelo juiz federal Renato Borelli. O magistrado elenca ao menos quatro crimes que teriam sido cometidos por Ribeiro: corrupção passiva, prevaricação, advocacia administrativa e tráfico de influência.

>> ‘Deus vai provar que Milton Ribeiro é pessoa justa e honesta’, diz Michelle Bolsonaro

Desde as primeira horas da manhã desta quarta, a PF realiza uma operação contra Ribeiro e pastores suspeitos de operar um balcão de negócios no Ministério da Educação e na liberação de verbas do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação).

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.