Publicado em 21/09/2020 às 13h58.

Senado aprova pedido para Ernesto Araújo esclarecer visita de secretário dos EUA

Na última sexta-feira (18), o secretário dos Estados Unidos Mike Pompeo visitou as instalações da Operação Acolhida, em Roraima

Redação
Ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo  Foto: Valter Campanato/Ag. Brasil
Ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo
Foto: Valter Campanato/Ag. Brasil

A Comissão de Relações Exteriores do Senado Federal aprovou nesta segunda-feira (21) o requerimento para que o chanceler Ernesto Araújo preste esclarecimentos sobre a visita do secretário Mike Pompeo, dos Estados Unidos, ao estado de Roraima. Na última sexta-feira (18), o norte-americano esteve nas instalações da Operação Acolhida, em Boa Vista. O projeto recebe refugiados da Venezuela.

De acordo com a Folha de S.Paulo, o requerimento foi aprovado na forma de convite, o que evita uma convocação, quando a presença se torna obrigatória. O Itamaraty não respondeu se o ministro das Relações Exteriores irá ou não à comissão.

No entanto, o presidente do colegiado, senador Nelson Trad (PSD-MS), garantiu que Araújo irá à comissão na próxima quinta-feira (21).

“Queremos saber o que aconteceu. Os governistas dizem que não aconteceu nada e os oposicionistas dizem que ele ofendeu a Venezuela em território brasileiro”, afirmou Trad.

A visita de Mike Pompeo tem sido criticada por parlamentares. Na sexta-feira, o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), chegou a dizer que a vinda do secretário de Donald Trump era uma “afronta às tradições de autonomia” do Brasil.