Publicado em 06/12/2016 às 08h25.

Tinoco: Câmara pode votar reajuste de prefeito e vereadores neste mês

Vereador do DEM defende aumento, sob argumento de que última alteração dos salários ocorreu há quatro anos

João Brandão
Foto: Valdemiro Lopes / CMS
Foto: Valdemiro Lopes / CMS

 

O vereador Claudio Tinoco (DEM) defendeu o reajuste nos subsídios dos vereadores, prefeito, vice e secretários, como ocorreu em outras Câmaras na Bahia (clique aqui, aqui e aqui). Em entrevista ao programa “Na Boca do Povo”, com Uziel Bueno e Evilásio Júnior, na rádio Excelsior FM 106,1, nesta terça-feira (6), o democrata disse que a votação deve ocorrer nas próximas semanas.

“Está sendo discutido, claro. Será feito de forma transparente. Existe um entendimento de que o Poder Legislativo majora, corrige o valor dos subsídios dos vereadores e prefeito de quatro em quatro anos. Está fazendo quatro anos. É feito no final da legislatura, todos recordam. De lá para cá não houve reajuste”, afirmou.

Segundo apurou o bahia.ba, o porcentual de incremento deve ser de 25%. Atualmente, os edis soteropolitanos ganham R$ 15.031,76 brutos mensais e passariam a receber, a partir de 2017, R$ 18.788,76. Já o prefeito ACM Neto (DEM) embolsa hoje R$ 18.038,10 e passaria a ser remunerado com R$ 22.547,10 a partir do ano que vem.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.