Publicado em 22/02/2020 às 08h35.

TSE rejeita a maioria das assinaturas coletadas para a criação do Aliança

Até o momento, Corte só aceitou 3.101 assinaturas, rejeitando mais de 11 mil

Redação
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitou até o momento a grande maioria das assinaturas para a criação do Aliança pelo Brasil, partido do presidente Jair Bolsonaro.

De acordo com o site Metrópoles, o TSE aceitou somente 3.101 assinaturas de total coletado pelos entusiastas do Aliança.

Enquanto isso, 11.094 rubricas foram rejeitadas pelo tribunal. Para ser criado oficialmente, o Aliança pelo Brasil precisa alcançar um total de 492 mil assinaturas.

PUBLICIDADE