Publicado em 23/10/2019 às 16h00.

Tucano chama presidente do PSL-BA de ‘oportunista’, e diz que deputada traiu Bolsonaro

"Ela (Dayane Pimentel) conseguiu implodir ela mesma, quando foi pega em áudio falando em abraço imaginário, cargos", diz o vereador Cezar Leite

Breno Cunha / Rodrigo Aguiar
Foto: Breno Cunha/bahia.ba
Foto: Breno Cunha/bahia.ba

 

Defensor do presidente Jair Bolsonaro (PSL), o vereador Cezar Leite (PSDB) afirmou nesta quarta-feira (23) que a deputada federal Dayane Pimentel, presidente do PSL na Bahia, “com certeza traiu” o chefe do Palácio do Planalto.

“Ela conseguiu implodir ela mesma, quando foi pega em áudio falando em abraço imaginário, cargos. Bolsonaro é muito sincero, quando ele fala que não vai dar cargos, está falando a verdade, não está jogando”, disse o tucano, ligado ao Movimento Brasil Livre (MBL) na Bahia.

O vereador ainda classificou a deputada como “oportunista”. “Quem votou nela esperava que ela andasse junto com o presidente e ela não fez isso. Ela agride, inclusive, alguns eleitores que criticam ela nas redes sociais. Minhas redes sociais são abertas, eu debato com a oposição. Política é desta forma”, acrescentou.

PUBLICIDADE

Mais notícias