Publicado em 01/01/2021 às 12h20.

‘Vamos governar quase um terço da população do estado’, afirma Paulo Azi

Democratas elegeu 39 prefeitos em novembro, com enfase nos 30 maiores colégios, como Salvador e Camaçari

Redação
Foto: Divulgação / DEM
Foto: Divulgação / DEM

 

No dia em que prefeitos eleitos e reeleitos tomam posse nos mandatos até 2024, o presidente do Democratas na Bahia, Paulo Azi, comemorou o resultado da legenda em novembro do ano passado. O dirigente destaca que, com 39 prefeitos eleitos, o partido vai gerir o Executivo municipal para cerca de 30% da população da Bahia.

“O partido se preparou e apresentou, por um lado, quadros competentes e capacitados nesta eleição e, por outro, nomes já testados e aprovados por suas respectivas populações”, afirmou Azi. O dirigente frisa que sigla ainda teve a maior votação para o Executivo nas eleições de 2020, com cerca de 1,5 milhão de votos.

Segundo o diretório estadual, dos 30 maiores colégios eleitorais, o Democratas elegeu dez prefeitos. São os casos de Bruno Reis, em Salvador, e Elinaldo Araújo, reeleito em Camaçari. Paulo Azi observou que os partidos de oposição no plano estadual vão governar mais de 70% do eleitorado dos 50 maiores colégios eleitorais.

“Assim como o resultado do Democratas, o desempenho dos partidos de oposição foi bastante expressivo. É uma demonstração muito clara de que as pessoas cansaram dos governos do PT e querem uma nova forma de fazer gestão, tendo como norte a administração de ACM Neto em Salvador”, finalizou.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.