Publicado em 22/12/2015 às 19h40.

Velho Chico: Dilma garante concluir integração do rio em 2016

Em Pernambuco nesta terça-feira, após inaugurar obras na Bahia, presidente assegurou que, apesar da crise, a transposição do São Francisco não vai parar

Agência Estado
Projeto de Integração do rio São Francisco - Eixo Leste  Estação de Bombeamento 1 (EBV1) do Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco.   Foto: Divulgação - Moreira Jr. / outubro 2014
Projeto de Integração do Rio São Francisco (Divulgação)

A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta terça-feira (22), que, apesar de qualquer dificuldade, o governo federal irá concluir a obra de integração do Rio São Francisco em 2016. “O Brasil é grande o suficiente para, ao mesmo tempo que faz equilíbrio fiscal nas contas públicas do governo, investir em obras como esta (da transposição do rio São Francisco)”, afirmou na cerimônia de inauguração da segunda estação de bombeamento de água do eixo leste do projeto de transposição do Rio São Francisco, no município de Floresta, em Pernambuco. “O ‘Minha Casa, Minha Vida’ é outro programa que não vamos parar de jeito nenhum”, ressaltou, citando o evento de entrega de moradias do qual participou mais cedo, na Bahia.

A presidente ressaltou ainda que o Brasil é um país democrático e seu compromisso em vencer a atual crise que abate a economia nacional. “Nada vai me demover de continuar garantindo trabalho, emprego de qualidade e renda para a população do Brasil”, garantiu. Dilma disse ser persistente, “de um tipo característico do Nordeste”. “A gente pode dar uma envergadinha, mas não quebra”, ressaltou, provocando risos na plateia.

Voltando a rebater as acusações por parte daqueles que pedem seu impeachment, a petista novamente recorreu à sua biografia. “Tenho orgulho de ter um patrimônio só: meu nome, meu passado e meu presente”, afirmou. Segundo a presidente, 2016 marcará a chegada de “tempos melhores”.

Dilma ressaltou ainda a importância da obra de transposição do Rio São Francisco para a população do Nordeste e destacou o fato de inaugurar mais uma etapa do projeto. “A integração do rio São Francisco avança e não há nada que para esta interligação”, destacou.

A presidente ressaltou que tanto o governo federal quanto os governos estaduais garantirão que as comunidades que vivem às margens do canal tenham acesso a água. “Nós queremos que a água chegue às torneiras de todas as comunidades, das grandes às pequenas”, afirmou.

PUBLICIDADE