Publicado em 17/01/2022 às 10h06.

Prefeito quer levar cidade ao posto de maior destino turístico do país

Prefeito participou da solenidade que certificou 100 empreendedores do projeto AfroEstima

Adriano Villela
Foto: Matheus Morais/bahia.ba
Foto: Matheus Morais/bahia.ba

 

O prefeito Bruno Reis revelou nesta segunda-feira (17) o desejo de tornar Salvador como maior destino do país. Em solenidade que certificou 100 empreendedores atendidos pelo projeto AfroEstima, o prefeito lembrou que a mídia e publicações especializadas já colocam a cidade como terceiro destino turístico.

“O melhor programa social de qualquer goveno ou prefeitura é crescimento econômico, geração de emprego e renda”, disse Bruno. Para o gestor, como a “cultura negra está presente em todas as potencialidades desta cidade”, o turista que o município busca atrair é aquele que queira conhecer nossos atrativos naturais, nossos pontos turísticos, e “também que venha aqui conhecer a história da negritude”.

Na solenidade, realizada no Teatro Gregório de Mattos, o prefeito anunciou que planeja duplicar o Museu da Música, aproveitando prédios ao lado. Serão aplicados R$90 milhões nesta obra. Na orla, a terceira etapa de Itapuã será entregue na próxima semana, e o trecho Boca do Rio-Piatã será licitado este mês, quando também começarão os serviços a cargo da prefeitura nesta etapa.

Financiado pelo BID, o Afroestima certificou 100 afroempreendedores, que receberam capacitação e orientação por mentoria. O AfroEstima integra o Plano de Ação para o Desenvolvimento do Turismo Étnico-Afro (TEA).O público-alvo é formado por baianas, turbanteiras, capoeiristas, artistas, designers, feirantes e ambulantes, dentre outros relacionados à cadeia do turismo étnico-afro.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.