Publicado em 16/06/2021 às 15h37.

Pesquisa aponta satisfação de mais de 95% entre usuários do Hospital do Subúrbio

Além disso, 97,1% dos cidadãos ouvidos no levantamento afirmaram que indicariam a unidade de saúde para um conhecido

Redação
Foto: Divulgação/Sesab
Foto: Divulgação/Sesab

 

O atendimento recebido no Hospital do Subúrbio foi considerado satisfatório por 95,5% dos integrantes de uma amostra de 756 pacientes internados para procedimentos clínicos e cirúrgicos no período de julho de 2018 a julho de 2020. Além disso, 97,1% dos cidadãos ouvidos no levantamento afirmaram que indicariam a unidade de saúde para um conhecido. Os números foram apresentados na manhã desta terça (15.06) durante a 20ª Reunião Ordinária do Conquali, realizada virtualmente por meio da plataforma digita MS Teams.

Formado por representantes de seis órgãos estaduais, sob a coordenação da Secretaria da Administração (Saeb), o Conquali é um comitê criado para avaliar e melhorar a qualidade da prestação do serviço público no Estado. Um dos temas em destaque na reunião, a pesquisa com usuários do Hospital do Subúrbio foi realizada por meio de entrevistas pessoais via call center, com a coleta de dados entre abril de 2020 e abril de 2021.

Os resultados – apresentados na reunião pelo coordenador de Pesquisas Especiais e Sistemáticas da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), Jackson Santos da Conceição – revelaram índices que variaram entre 88,1% a 98,1% de respostas favoráveis de satisfação dos usuários, na avaliação de diversos itens relacionados às instalações físicas do hospital e ao atendimento prestado.

A pesquisa também coletou elogios, reclamações e sugestões de melhoria que serviram de base para um plano de ação elaborado pela Diretoria de Gestão de Qualidade da Superintendência de Atendimento ao Cidadão (SAC) e que será encaminhado à Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), a título de sugestão.

Ciência de dados
Outro tema na pauta da 20a Reunião Conquali foi o trabalho de ciência de dados que vem dando suporte à Rede SAC na tomada de decisões relativas à disponibilização dos agendamentos e atendimentos nos postos que prestam serviços aos cidadãos.

“Tenho certeza de que só conseguimos fazer frente aos desafios que a pandemia nos trouxe – com a interrupção no funcionamento de postos – graças a este trabalho primoroso”, elogiou o secretário da Administração Edelvino Góes, ao comentar a importância da Sala de Situação, um painel elaborado com recursos de Business Intelligence (BI) que permite ao SAC monitorar os cenários dos atendimentos e agendamentos nos diversos postos do Estado, com acesso rápido a relatórios gerenciais com estatísticas e indicadores.

“A sala de situação permite uma visão holística da Rede SAC como um todo, com inúmeras vantagens, como otimização na construção de relatórios, previsibilidade contra falhas e tempo de resposta mais rápido”, explicou o técnico Calebe da Silva Ferreira, que atua na Diretoria de Operações e Serviços da SAC.

Durante o encontro do Conquali, os conselheiros também foram apresentados à proposta de um Plano da Ação para as Assessorias de Planejamento e Gestão do Estado (APGs), elaborado pela Comissão Técnica Permanente para Consolidação e Acompanhamento das APG. Submetido aos conselheiros para aprovação, o documento – apresentado pelo diretor de Soluções em Gestão da Saeb, Milton de Sousa Coelho Filho – prevê iniciativas como a padronização de processos de trabalho da área e a realização de um Seminário Estadual de Gestão Estratégica Pública.

Para completar, ainda durante a reunião, o diretor Milton de Sousa Coelho Filho apresentou também o andamento da implementação do Plano Estadual de Capacitação e Formação do MROSC, o Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil – MROSC. Só este ano, de acordo com o diretor, o plano já viabilizou a oferta de 658 vagas de capacitação para agentes públicos e representantes de organizações da sociedade civil. O número equivale a 81,23% da meta prevista para o ano de 2021.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.