Publicado em 08/12/2016 às 15h24.

Polícia Militar presta esclarecimentos sobre baleado na Ufba

A PM salientou que foi à universidade após informações de que três homens estariam realizando assaltos no local

Redação
Foto: Divulgação/Ufba
Foto: Divulgação/Ufba

 

A Polícia Militar forneceu informações, em nota, nesta quinta-feira (8), a respeito do ocorrido na noite da quarta (7) na Universidade Federal da Bahia (Ufba). De acordo com a PM, a 12ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Rio Vermelho) foi acionada pelo Centro Integrado de Comunicações (Cicom) após informações de que três homens estariam realizando assaltos no interior da Ufba, no campus de Ondina.

Durante a diligência, a guarnição Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto) da 12ª CIPM isolou as entradas e saídas do matagal pelo qual circulavam os suspeitos, que não foram localizados. Ao saírem, os policiais foram avisados por um vigilante de que um dos envolvidos havia sido baleado no interior da universidade. O autor do disparo não foi identificado.

Segundo o segurança, uma viatura do Serviço Médico de Urgência (Samu) havia socorrido o ferido ao Hospital Geral do Estado (HGE), onde ele morreu poucas horas depois. Os PMs foram ao hospital e confirmaram o óbito. Guarnições realizaram buscas na área, mas nenhum dos suspeitos foi localizado.

A Polícia Militar salientou, ainda, que a Ufba é uma área sob jurisdição da Polícia Federal, mas que, em situação de flagrante, é feito o atendimento emergencial e, posteriormente, contato com oficiais da PF.

O homem baleado, que morreu, nesta quinta, no HGE, não fazia parte da comunidade acadêmica da Ufba – conforme informou a instituição ao bahia.ba.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.